29 de jul de 2011

mal-me-quer...bem-me-quer

... as reticências são o equilíbrio para...são o Saturno em Balança...são os alicerces sólidos dos relacionamentos que perduram e trazem satisfação de se sentir bem-querido(a). Muito se tem falado acerca das potencialidades deste período, aqui, aqui.

Mas há sempre mais alguma coisa a dizer. São as reticencias, neste período tenho encontrado muitos que se debatem com o relacionamento e logo com os parceiros (as). Todas as desculpas já ouvi, bem como os loopings intelectuais na procura vã de quem é o culpado, de quem mudou, de qual deles está a passar um período critico pondo em causa a relação.
Um ponto comum todos sabem apontar o dedo e vá até os que chegam a admitir que talvez tenham mudado.

Se bem que estas mudanças que até admitam em si, não seja o ponto fulcral da questão, este é um pouco mais profundo. Nem lhe chamaria mudanças mas contínuos retornos ao ponto fulcral.

Em astrologia aprendemos a ver reflectidos, os nossos relacionamentos, a forma como nos damos e como recebemos. Estudamos o potencial desenvolvimento do individuo e de como este desde pequeno se relacionou com o amor, se de uma forma facilitada, se teve que lutar por este, de se esforçar para o receber, etc.

O que é que eu encontro de comum em muitos dos que me têm procurado; o planeta regente ou residente da Casa 7 desafiado, (poderá ser por outros) mas para o caso vou apenas apontar Saturno. A condição da Lua, na maioria das vezes faz eco.

De alguma forma, os valores relacionais foram apreendidos com uma necessidade de esforço, um padrão de limitação começou a ser formado sejam quais forem as razões para tal. E perdura até hoje. As dificuldades sentidas na infância, padronizaram comportamentos que acabam por provocar antigos re-sentimentos ao se perpetuar os ditos, inconscientemente.

Como seres pensantes, existe a necessidade de se analisar o assunto, discutir, cobrar à outra parte as faltas. O que se sente tem que ser intelectualizado, esmiuçado e explicado. O intelecto e as razões tomam conta.
Turvando o cerne da questão, o porquê do o padrão relacional que adoptou para si mesmo e que para o viver vai procurar quem lhe faça repetir as mesmas sensações, as vezes que forem precisas.

Ou seja, não se sentiu devidamente valorizado, foi sempre difícil confiar, não lhe dedicavam o carinho que necessitava, a compreensão, a atenção, sentia-se privado de liberdade, de diálogo? Fazia tudo para agradar e nada era suficiente?
E agora com 50 anos ainda sente isso? Será que a culpa é mesmo do outro?

Aproveitando a Lua Nova em Leão, para clamar o amor a que tem direito, não necessariamente uma dívida dos outros, mas sim uma dívida nossa para com nós próprios.

14 comentários:

Astrid Annabelle disse...

Eu gostei muito..fiquei me olhando no espelho para ver se entramos em um acordo...rss
Beijão. Saudade.
Astrid Annabelle

Ana Cristina disse...

Astrid, :) tenho a certesa de que entraram em acordo :)
beijo

Maria Paula Ribeiro disse...

;)))))

Bom dia Ana!!!

Eu estou ainda naquela de espelho meu, espelho...de perguntar ainda... ;)))

Belo post.

Beijinhos e Bom fim de semana! ;)

Ana Cristina disse...

...haverá alguém mais lindo que eu?

:) obrigada beijo grande e tb para ti.

Maria Paula Ribeiro disse...

he he he he...não era bem essa pergunta que por aí deixei de ser convencida e passei a realista! ;PPP ;))))

Não me aparecem as respostas as perguntas porque o espelho anda sempre embaciado! ;)))

Fica bem linda!
;)

Hanah disse...

Rsrs...

O meu problema é que eu estou achando o espelho mais lindo do que eu, e vice e versa... mais bora desembaçar... Libra vai re-balançar os pratos...ahhhhh vai !!! beijos

Ana Cristina disse...

:) MP, passa lá em paninho :)

Ana Cristina disse...

Hanah, isso é fabuloso, a beleza está nos olhos de quem vê :)

Sandro69 disse...

Ana, com a 7 Casa regida por Virgem, tendo lá Lua, Plutão e Nodo Sul, já viste como sou com minha parceira... Mercúrio em Câncer na 5...

Mas minha companheira tem a Lua em Virgem também, e nos mesmos graus que eu! Total sintonia! Uma forte empatia! É o que solidifica e harmoniza.

Abraços

Ana Cristina disse...

:) Sandro as suas ideias vão ao encontro das necessidades dela...que maravilha.
Abraço

MARCELO DALLA disse...

Excelente, querida! Saudades de vir aqui. Identifiquei-me demais com o texto...
Urano está a quadrar Lua e Júpiter na minha casa7. Em pelo processo de libertação e mudanças nos padrões de relacionamento...
Grande bjo

Ana Cristina disse...

olá Marcelo, bom ver-te :) obrigada pela conpartipação...com essa configuração é tempo de procurar novas paragens :)

beijo

Christiane disse...

Nossa ha qto tempo...
bem, minha casa 7 é em virgem e o regente está na 10/11 caprica conjunto sol , júpiter e nodo norte. Na 7 tenho plutão em libra quadrando minha venus em caprica na 10, ou seja, quero tudo! hahahahahahahahahaha....
Acho que nunca mais terei o que tive uma vez, mas fazer o que neh amiga... que venha os novos tempos.

Ana Cristina disse...

:) Christiane...um trabalho pessoal de monta :) vivendo e aprendendo.

Abraço